Bolsa de Oportunidades da RE/MAX colocou no último ano mais de 5 mil imóveis em baixa de preços

Lançada há um ano pela RE/MAX, a maior imobiliária a operar em território nacional, acampanha Bolsa de Oportunidades colocou no mercado 5.150 imóveis em baixa de preços. A iniciativa abrange imóveis na modalidade de compra ou arrendamento, que estejam em redução de preços e registados no website da imobiliária. Nos tipos de imóveis com maior oferta, a média de descontos variou entre os 7%, no caso dos apartamentos e os 15% no que respeita aos terrenos. Já nas moradias, o desconto médio ultrapassou os 9% (9,1%).

Distribuídos por todo o território continental e Ilhas, dos 5.150 imóveis colocados a preços mais competitivos, aqueles que mais se destacam nos últimos doze meses na campanha foram apartamentos (36,7%), moradias (33,5%) e terrenos (15,3%).

Não obstante os distritos de Lisboa (29,3%), Porto (13,6%), Setúbal (9,2%) e Braga (8,6%) terem sido os que mais contribuíram para a "Bolsa de Oportunidades" no último ano, este programa teve uma verdadeira cobertura nacional, abrangendo todas as regiões do país e proporcionando excelentes oportunidades a muitas famílias e investidores, alguns dos quais além-fronteiras.

Segundo Beatriz Rubio, CEO da RE/MAX Portugal, "Lançada há um ano, o balanço que fazemos da Bolsa de Oportunidades é muito positivo. Esta é uma campanha que nos tem permitido reunir oportunidades de negócio na compra ou arrendamento de imóveis, nos quais se verifique uma redução de preços. Além disso, tem-se traduzido numa boa oportunidade de investimento e rentabilização. Neste sentido, no último ano, ajudámos os nossos clientes, vendedores e compradores, a encontrar o melhor negócio para ambas as partes."

Referir que a "Bolsa de Oportunidades" foi distinguida recentemente como "Produto do Ano 2024", o maior e único prémio mundial que premeia os produtos e serviços que se destacam pela inovação e conta com o voto direto dos consumidores, tendo vencido na categoria "imobiliário".

 

 

 

Os nossos serviços

O que pode fazer por si e pela sua empresa